o carapuceiro



BÍBLICO

O padre botava o pequeno coroinha no colo e lia e lia e lia a Bíblia religiosamente, meu Deus. O menino foi crescendo, crescendo, crescendo, até que um dia a ordem dos colos inverteu-se.

 

 [trecho do conto "o homem q odiava os livros", q faz parte da antologia "dentro de um livro", da casa da palavra", rio,2005]. 



Escrito por xico sá às 19h22
[   ] [ envie esta mensagem ]




A ROMANA, PARTE III, QUASE A PARTIDA

Eu voôoouuuu pra´donde estiveres, meu novo inferno. E repito aqui, de público, a pedidos teus, o que disse de madrugada, a gente rindo do português dos bêbados que estás aprendendo. Cansei da guerra Eros X Tanatos. Eu aceito a passagem. Eu aceito as condições, o teu dinheiro gringo. Estou decidido. Eu aceito tudo, já não me resta ninharias do amor pequeno que a outra teve, sem punch, sem firmeza...  Cansei de ser homeless sob falso teto de estrelas bilaquianas. Como surgiste numa hora tão rara, o perigo das horas que pega o homem tão frágil. Vôo. Como uma arribançã. Vou até com as minhas próprias asas. Não há mais tempo possível por estas bucetas plagas. Repito aqui, mesmo com a codorninha que reconheci ontem, tão linda sob lua do bar da Dida, mesmo com a miss gasolina do desespero, eu vou por causa da tua aposta no meu pau e no meu cheiro, pra´donde estiveres, caralho, mas q país mesmo era aquele que no celular não conheço o código? Eu já estou voando pra ti, juriti, meu novo amor, não vês?, mesmo não compreendendo as palavras, pero do jeito que me dizia, ouvi a urgência do gozo, da tua voz naquele hotel de Los Angeles, agora lembro, estavas lá, adonde teus olhos por uma janela qualquer de bandeja aqui me chegavam, que coisa doida, a mulher que viaja, suas pernas tão longas, suas botas valentinas, sonho crepax que tive no terreiro de macumba, havia lua crescente no céu quando telefonavas, so não sei como cheguei ontem em casa, para ouvir a tua promessa de felicidade, enquanto a gente batia aquela, punheta ao longe, eu vou, mas diz pra´donde, meu novo hotel do inferno inadiável...   

 



Escrito por xico sá às 11h46
[   ] [ envie esta mensagem ]




ALICE NO COLO DO TIO

Me conta que deu pro maconheiro cabeludo ali no quarto da casa da família mesmo. O cuzinho. As meninas que contam história para animar a vida do tio. Bem na hora do almoço. Barulho da família. A primeira vez que deu o cuzinho foi numa praia do Nordeste. Meio tubo de K&Y na viagem. Assanha o tio com uma foto de shortinho. Menina má. A mãe já via essa maldade toda desde cedo, ela diz. A mãe odeia o cabeludo maconheiro, mãe é mãe, ora. Gosta de foder perto da família, equalizar os sussurros de acordo com os decibéis que rolam na casa naquela justa hora. Mas outro dia deu num parque, pena que o cara andava perfumado, “gosto de cheiro de homem, sabe?"



Escrito por xico sá às 17h57
[   ] [ envie esta mensagem ]




CIÊNCIA DO GOZO

Agora é pra valer, deu na science e nas gazetas mundo afora: não há lógica darwiniana por trás do orgasmo da fêmea. Aquela coisa de foder com o imaginário voltado pra reprodução é furada bíblica. Não fazia mesmo menor sentido. Para elas, orgasmo é diversão, loucura, ego, apego, amor, gritaria, gata no telhado, chamego, dengo, petit mort, xenhenhém, zolhinhos bem fechados, nirvana, a noite do meu bem. Lindo que assim seja. E revoguem-se as disposições em contrário. E dá-me vinho, amore, que a vida é  nada.  



Escrito por xico sá às 15h38
[   ] [ envie esta mensagem ]




AS ENFEZADAS, AS PREPARADAS...

Da dificuldade da fêmea fazer cocô. Lindo mote de capa da revista TPM, com reportagem de Renata Leão, bela moça, fino faro. Compareço lá com a crônica do homem-laxante. Deixo ai pequena amostra intestinal, em livre sample de “tia julia e o escrevinhador”, novela de vargas llosa:  

Para dores de amor, nada melhor do que leite de magnésia(...). Na maior parte das vezes, os chamados males de amor, etcétera, são distúrbios digestivos, feijões duros que não digerem, peixe estragado, entupimento. Um bom purgante fulmina a loucura do amor.

Tenho dito. E que o trono lhe seja leve. E como dizia minha mãe, quem olha a própria merda é uma criatura sem inveja. Corta. Barulho de descarga. Agora reparem só que sorriso mais lindo que ela solta!

 



Escrito por xico sá às 19h12
[   ] [ envie esta mensagem ]




DIRETO DA AUGUSTA

ESCOLHA A SUA NOIVA E TENHA UMA GRANDE NOITE DE NÚPCIAS. faixa na frente da maison, na nossa red light street, velha Augusta. “tudo virgem”, tira onda o porteiro da boate. “quem vai pegar o bouquet de flores?”, diz uma das noivas.

 

vira-latas, putas, mendigos, bandidos, cheira-colas viajando na lanhouse. mil e uma noites da velha augusta. o cheiro, no meu nariz de proust dos pobres, é de eucalipto e churrasquinho de gato. a carne fraca. gabirus no esgoto. cafetões a pampa.

 

outras meninas se pegam na calçada, a nova modinha é atrair os machos com lesbianismo explícito, fantasia óbvia das antigas. o café paris anuncia, no mesmo naipe: SHOW DE SEXO COM LÉSBICAS. o casarão informa: PAGUE R$ 30 E BEBA ATÉ CAIR. a tajmahal, armarinho que vende e aluga fantasias, exibe na vitrine as suas sherezades.

 

o caribe faz aniversário e sorteia mulheres para os clientes decentes. no carro do playboy racionais mc´s: “estilo cachorro”. aquela q diz assim: “Conheço um cara que é da noite, da madrugada/ que curte varias fitas, varias baladas/ ele gosta de viver, e viajar/ sem medo de morrer, sem medo de arriscar...”

putinhas de boné tirando onda de patrícias, e quantas luanas de pernas compridas!... os salões de beleza 24 horas, fazendo chapinhas, aplicando luzes, unhas vermelhas, unhas postiças, e a academia de ginástica levantando bundas, que serão usadas naquela mesma madruga.



Escrito por xico sá às 16h20
[   ] [ envie esta mensagem ]




A ROMANA, parte II

 

a romana escreveu. de paris, fina a ruiva. não como a de moravia, morena, mas na alma _esse lindo anagrama de lama_ são duas putinhas quase siamesas.

 

 [quer conhecê-la, leia mais bem abaixo, do dia em que suas botas à valentina pisaram machucando com jeitinho e deixaram marcas roxas nas minhas costelas...]

 

a romana roda o mundo e tem um homem em cada porto. gulliver do amor & do sexo mais ninfo. o que os olhos não vêem o coração não sente, mando-lhe o pára-choque mais óbvio, melhor dos álibis antes do meu próximo abismo.



Escrito por xico sá às 18h03
[   ] [ envie esta mensagem ]




DA SÉRIE AFORISMOS EMBRIAGADOS

e da costela de david beckham deus fez o metrossexual.

Escrito por xico sá às 13h17
[   ] [ envie esta mensagem ]




OLHA O AVIAOZINHO*

 

Quando telefona, lá de Juazeiro, minha mãe sempre pergunta se já comi e o que comi, velho hábito do atento coração materno. Já tomou muitos sustos, acostumada que é ao seu mundo onde reina a gastronomia da sustança, onde os homens, fome histórica nos olhos, não têm medo do colesterol nem das artes finais da velha da foice.

Desta vez, porém, além do susto de sempre, ela divertiu-se aos montes. “Uma colherinha de peixe robalo com grapefruit ao molho de grapefruit, azeite e flocos de ouro”, dei o serviço do “ont the spoon”, uma das atrações do Mosaic. “Uma delícia, mãe”, provoquei, afrescalhado. “Tô te estranhando, menino, tu criado na carne de peba, tatu, cuscuz de milho e bode!”, disse o mesmo gracejo de sempre. “Sei não, hein, se teu pai souber tu nunca mais pisa por aqui”.

Mas depois rolou outra colherinha: “Tempura de camarãozinho ao molho de maionese picante e caviar”. Assim uma vida no diminutivo, mas que passou no crivo da minha apurada fisiologia do gosto. As colherinhas, aliás, já que botamos a maternidade no meio, lembram aquele sublime momento infantil em que a mãe diz “olhe o aviãozinho” e tenta alimentar o filho querido. A terceira, bônus-track de Shin Koike, o chef: “sashimi de wagyu com figo ao molho panzu e pasta de gergelim”.

  Se a melhor maneira de descobrir as boas inclinações morais de um sujeito é pela delicadeza do palato, como pregava o gorducho Balzac, eu estava me consagrando ali no Mosaic. Com o “kobe beef”, então, fui às alturas. É carne de uma vaca toda metida, que se alimenta de cerveja e cereais finos, além de receber massagens no corpo, como a mais merecida das moças. Daí a maciez das suas fibras. “Na próxima encarnação eu quero ser uma vaca dessas, isso é que é vida”, diz Lourenço, garçom pernambucano da casa.

  De agrado e agrado, nem precisei passar na bisteca do “Sujinho” na volta, como tinha brincado com a editora desta revista. Ótima viagem gastronômica _se minha mãe lê uma frescura dessas!_ para levar uma gazela, ali nos primeiros dias de romance, para brincar de “olhe o aviãozinho”... e vê-la, olhinhos bem fechados, bonequinha de luxo com flocos de ouro nos lábios.   

 [*publicado neste domingo na revista da Folha, que circula apenas em SP]

 



Escrito por xico sá às 18h25
[   ] [ envie esta mensagem ]




A ROMANA E/OU TE AMO ALBERTO MORAVIA

a gente é tão doido, e doído com acento agudo e tudo por uma pessoa, q a gente não sabe que pode chegar outra/o  um dia. e sempre chega. donde encosta a romana. a ruiva. tão de outrora, deus mio, aquela que eu havia conhecido dum simpósio da unesco, cinco, seis anos atrás. quase a adriana do romance de moravia, de tão puta, pois.

 

 eis q a moiçola, agora na flor dos 30, ou quase, volta a são paulo, para uma felicidade tão rara. como pode fazer um homem velho tão feliz, mesmo tão rápido. doido era aquele avião partindo e ela chorando por nós dois, italiana, caralho, não suporto despedidas... aquelas botas, tão crepax, tão valentina, tão pendor milanesa, e as nossas fodas em espanhol caricato, tão gozadas e lindas, onomatopéias e babéis imperfeitas...

 

thanks por fazer esquecer romances d´outrora, linda romana, jogo-lhe todas as moedas em tuas fontanas, como pode querer tanto um feio se és a mais bela?, a mais bela de todas???

 

donde ela diz, graciosa, que voltou ao priapismo da velha Roma, que o mundo moderno a desacostumou com essas coisas...

 

mas os aviões, o aeroporto, transformam qualquer ensaio de amor no amor mais foda, o amor a jato a atingir as nuvens, o boeing, algodão de céus,  o calor das despedidas que viram chuvas...

 



Escrito por xico sá às 06h02
[   ] [ envie esta mensagem ]


[ ver mensagens anteriores ]




 

Histórico
  17/06/2012 a 23/06/2012
  24/07/2011 a 30/07/2011
  19/12/2010 a 25/12/2010
  28/11/2010 a 04/12/2010
  21/11/2010 a 27/11/2010
  24/10/2010 a 30/10/2010
  17/10/2010 a 23/10/2010
  03/10/2010 a 09/10/2010
  26/09/2010 a 02/10/2010
  29/08/2010 a 04/09/2010
  22/08/2010 a 28/08/2010
  15/08/2010 a 21/08/2010
  08/08/2010 a 14/08/2010
  01/08/2010 a 07/08/2010
  11/07/2010 a 17/07/2010
  04/07/2010 a 10/07/2010
  20/06/2010 a 26/06/2010
  06/06/2010 a 12/06/2010
  30/05/2010 a 05/06/2010
  23/05/2010 a 29/05/2010
  16/05/2010 a 22/05/2010
  09/05/2010 a 15/05/2010
  02/05/2010 a 08/05/2010
  25/04/2010 a 01/05/2010
  11/04/2010 a 17/04/2010
  04/04/2010 a 10/04/2010
  28/03/2010 a 03/04/2010
  21/03/2010 a 27/03/2010
  07/03/2010 a 13/03/2010
  28/02/2010 a 06/03/2010
  21/02/2010 a 27/02/2010
  14/02/2010 a 20/02/2010
  07/02/2010 a 13/02/2010
  31/01/2010 a 06/02/2010
  24/01/2010 a 30/01/2010
  17/01/2010 a 23/01/2010
  13/12/2009 a 19/12/2009
  06/12/2009 a 12/12/2009
  29/11/2009 a 05/12/2009
  22/11/2009 a 28/11/2009
  15/11/2009 a 21/11/2009
  08/11/2009 a 14/11/2009
  01/11/2009 a 07/11/2009
  25/10/2009 a 31/10/2009
  18/10/2009 a 24/10/2009
  11/10/2009 a 17/10/2009
  04/10/2009 a 10/10/2009
  27/09/2009 a 03/10/2009
  20/09/2009 a 26/09/2009
  13/09/2009 a 19/09/2009
  06/09/2009 a 12/09/2009
  30/08/2009 a 05/09/2009
  23/08/2009 a 29/08/2009
  16/08/2009 a 22/08/2009
  09/08/2009 a 15/08/2009
  02/08/2009 a 08/08/2009
  26/07/2009 a 01/08/2009
  19/07/2009 a 25/07/2009
  12/07/2009 a 18/07/2009
  05/07/2009 a 11/07/2009
  28/06/2009 a 04/07/2009
  21/06/2009 a 27/06/2009
  14/06/2009 a 20/06/2009
  07/06/2009 a 13/06/2009
  31/05/2009 a 06/06/2009
  24/05/2009 a 30/05/2009
  17/05/2009 a 23/05/2009
  10/05/2009 a 16/05/2009
  03/05/2009 a 09/05/2009
  26/04/2009 a 02/05/2009
  19/04/2009 a 25/04/2009
  12/04/2009 a 18/04/2009
  05/04/2009 a 11/04/2009
  29/03/2009 a 04/04/2009
  22/03/2009 a 28/03/2009
  15/03/2009 a 21/03/2009
  08/03/2009 a 14/03/2009
  01/03/2009 a 07/03/2009
  22/02/2009 a 28/02/2009
  15/02/2009 a 21/02/2009
  08/02/2009 a 14/02/2009
  01/02/2009 a 07/02/2009
  25/01/2009 a 31/01/2009
  18/01/2009 a 24/01/2009
  11/01/2009 a 17/01/2009
  14/12/2008 a 20/12/2008
  07/12/2008 a 13/12/2008
  30/11/2008 a 06/12/2008
  23/11/2008 a 29/11/2008
  16/11/2008 a 22/11/2008
  09/11/2008 a 15/11/2008
  02/11/2008 a 08/11/2008
  26/10/2008 a 01/11/2008
  19/10/2008 a 25/10/2008
  12/10/2008 a 18/10/2008
  05/10/2008 a 11/10/2008
  28/09/2008 a 04/10/2008
  21/09/2008 a 27/09/2008
  14/09/2008 a 20/09/2008
  07/09/2008 a 13/09/2008
  31/08/2008 a 06/09/2008
  24/08/2008 a 30/08/2008
  17/08/2008 a 23/08/2008
  10/08/2008 a 16/08/2008
  03/08/2008 a 09/08/2008
  27/07/2008 a 02/08/2008
  20/07/2008 a 26/07/2008
  13/07/2008 a 19/07/2008
  06/07/2008 a 12/07/2008
  29/06/2008 a 05/07/2008
  22/06/2008 a 28/06/2008
  15/06/2008 a 21/06/2008
  08/06/2008 a 14/06/2008
  01/06/2008 a 07/06/2008
  25/05/2008 a 31/05/2008
  18/05/2008 a 24/05/2008
  11/05/2008 a 17/05/2008
  04/05/2008 a 10/05/2008
  27/04/2008 a 03/05/2008
  20/04/2008 a 26/04/2008
  13/04/2008 a 19/04/2008
  06/04/2008 a 12/04/2008
  30/03/2008 a 05/04/2008
  23/03/2008 a 29/03/2008
  16/03/2008 a 22/03/2008
  09/03/2008 a 15/03/2008
  02/03/2008 a 08/03/2008
  24/02/2008 a 01/03/2008
  17/02/2008 a 23/02/2008
  10/02/2008 a 16/02/2008
  03/02/2008 a 09/02/2008
  27/01/2008 a 02/02/2008
  20/01/2008 a 26/01/2008
  13/01/2008 a 19/01/2008
  06/01/2008 a 12/01/2008
  16/12/2007 a 22/12/2007
  09/12/2007 a 15/12/2007
  02/12/2007 a 08/12/2007
  25/11/2007 a 01/12/2007
  18/11/2007 a 24/11/2007
  11/11/2007 a 17/11/2007
  04/11/2007 a 10/11/2007
  28/10/2007 a 03/11/2007
  21/10/2007 a 27/10/2007
  14/10/2007 a 20/10/2007
  07/10/2007 a 13/10/2007
  30/09/2007 a 06/10/2007
  23/09/2007 a 29/09/2007
  16/09/2007 a 22/09/2007
  09/09/2007 a 15/09/2007
  02/09/2007 a 08/09/2007
  26/08/2007 a 01/09/2007
  19/08/2007 a 25/08/2007
  12/08/2007 a 18/08/2007
  05/08/2007 a 11/08/2007
  29/07/2007 a 04/08/2007
  22/07/2007 a 28/07/2007
  15/07/2007 a 21/07/2007
  08/07/2007 a 14/07/2007
  01/07/2007 a 07/07/2007
  24/06/2007 a 30/06/2007
  17/06/2007 a 23/06/2007
  10/06/2007 a 16/06/2007
  03/06/2007 a 09/06/2007
  27/05/2007 a 02/06/2007
  20/05/2007 a 26/05/2007
  13/05/2007 a 19/05/2007
  06/05/2007 a 12/05/2007
  29/04/2007 a 05/05/2007
  22/04/2007 a 28/04/2007
  15/04/2007 a 21/04/2007
  08/04/2007 a 14/04/2007
  01/04/2007 a 07/04/2007
  25/03/2007 a 31/03/2007
  18/03/2007 a 24/03/2007
  11/03/2007 a 17/03/2007
  04/03/2007 a 10/03/2007
  25/02/2007 a 03/03/2007
  18/02/2007 a 24/02/2007
  11/02/2007 a 17/02/2007
  04/02/2007 a 10/02/2007
  28/01/2007 a 03/02/2007
  21/01/2007 a 27/01/2007
  14/01/2007 a 20/01/2007
  07/01/2007 a 13/01/2007
  31/12/2006 a 06/01/2007
  17/12/2006 a 23/12/2006
  10/12/2006 a 16/12/2006
  03/12/2006 a 09/12/2006
  26/11/2006 a 02/12/2006
  19/11/2006 a 25/11/2006
  12/11/2006 a 18/11/2006
  05/11/2006 a 11/11/2006
  29/10/2006 a 04/11/2006
  22/10/2006 a 28/10/2006
  15/10/2006 a 21/10/2006
  08/10/2006 a 14/10/2006
  01/10/2006 a 07/10/2006
  24/09/2006 a 30/09/2006
  17/09/2006 a 23/09/2006
  10/09/2006 a 16/09/2006
  03/09/2006 a 09/09/2006
  27/08/2006 a 02/09/2006
  20/08/2006 a 26/08/2006
  13/08/2006 a 19/08/2006
  06/08/2006 a 12/08/2006
  30/07/2006 a 05/08/2006
  23/07/2006 a 29/07/2006
  16/07/2006 a 22/07/2006
  09/07/2006 a 15/07/2006
  02/07/2006 a 08/07/2006
  25/06/2006 a 01/07/2006
  18/06/2006 a 24/06/2006
  11/06/2006 a 17/06/2006
  04/06/2006 a 10/06/2006
  28/05/2006 a 03/06/2006
  21/05/2006 a 27/05/2006
  14/05/2006 a 20/05/2006
  07/05/2006 a 13/05/2006
  30/04/2006 a 06/05/2006
  23/04/2006 a 29/04/2006
  16/04/2006 a 22/04/2006
  09/04/2006 a 15/04/2006
  02/04/2006 a 08/04/2006
  26/03/2006 a 01/04/2006
  19/03/2006 a 25/03/2006
  12/03/2006 a 18/03/2006
  05/03/2006 a 11/03/2006
  26/02/2006 a 04/03/2006
  19/02/2006 a 25/02/2006
  12/02/2006 a 18/02/2006
  05/02/2006 a 11/02/2006
  29/01/2006 a 04/02/2006
  22/01/2006 a 28/01/2006
  15/01/2006 a 21/01/2006
  08/01/2006 a 14/01/2006
  01/01/2006 a 07/01/2006
  25/12/2005 a 31/12/2005
  18/12/2005 a 24/12/2005
  11/12/2005 a 17/12/2005
  04/12/2005 a 10/12/2005
  27/11/2005 a 03/12/2005
  20/11/2005 a 26/11/2005
  13/11/2005 a 19/11/2005
  06/11/2005 a 12/11/2005
  30/10/2005 a 05/11/2005
  23/10/2005 a 29/10/2005
  16/10/2005 a 22/10/2005
  09/10/2005 a 15/10/2005
  02/10/2005 a 08/10/2005
  25/09/2005 a 01/10/2005
  18/09/2005 a 24/09/2005
  11/09/2005 a 17/09/2005
  04/09/2005 a 10/09/2005
  28/08/2005 a 03/09/2005
  21/08/2005 a 27/08/2005
  14/08/2005 a 20/08/2005
  07/08/2005 a 13/08/2005
  31/07/2005 a 06/08/2005
  24/07/2005 a 30/07/2005
  17/07/2005 a 23/07/2005
  10/07/2005 a 16/07/2005
  03/07/2005 a 09/07/2005
  26/06/2005 a 02/07/2005
  19/06/2005 a 25/06/2005
  12/06/2005 a 18/06/2005
  05/06/2005 a 11/06/2005
  29/05/2005 a 04/06/2005
  22/05/2005 a 28/05/2005
  15/05/2005 a 21/05/2005
  08/05/2005 a 14/05/2005
  01/05/2005 a 07/05/2005
  24/04/2005 a 30/04/2005


Outros sites
  Editora do Bispo
  Blog da editora do bispo
  aurora boulevard, uma janela para o melhor da existência
  notasubmersas - mergulho en la isla encantada
  Sorte & Azar S/A
  La liga de la vesga y outros debujos incriibles
  balcan beat box & nikolai gogol bordelo
  Portunhol selvagem és mi pátria y mi lengua
  Doktor Estranho - pense!
  eraOdito, o homi, o mito, o kabrito, vale o escrito
  El Impostor y sus presídios de buelsillo
  jazz do interior by bombig
  sabe aquele cara do cheiro do ralo?
  scottlândia & otros darwinismos gauches
  Bortolotto, uiscão y raiban
Votação
  Dê uma nota para meu blog



O que é isto?