o carapuceiro



BLOOMSDAY FORA DE ÉPOCA OU O SELO JAGUAR DE QUALIDADE

Nada como fazer um teste de fogo com um profissa-profissa, bamba entre os bambas do ofício. Nada como pôr o fígado e o esqueleto em prova com um cara que tem milhagem no assunto. Tira-teima de resistência para saber se estávamos aptos para a festa da carne, evoé Baco, dedinhos para cima, passos trôpegos, eu entorno e os paralelepípedos que ficam bêbados.

 

 Fuerza na peruca, rapazes!, agora é quase.

 

Foi nessa vibe-viborowa que colei na Mercearia São Pedro para o nosso Bloomsday fora de época, uma micareta alcoólica com Ele, o homem, o mito, o fígado de ouro, o bravo herói da resistência carioca Sérgio de Magalhães Gomes Jaguaribe, Jaguar, o fundador da Banda de Ipanema, o Neruda do pé-sujo, autor do clássico “Confesso que bebi”, o garoto de todas as fuzarcas.

 

Os promoters do Bloomsday dos cachaceiros não poderiam ser outros. Sim, os escribas e exs canalhas líricos _agora alvejados por cupidos cegos_ Ronaldo Bressane et Bruno T Nogueira. Já chegaram naquele compasso, chamando Jesus de Genésio ou quase isso. Jaguar, mais de sete décadas de arremesso, inteiro, se não me falha a amnésia, claro.

 

Iniciamos os trabalhos sob a supervisão e mecenato hepático de Marquinhos, o cara, o Mindlin da Merça. Haja Boazinha e Germana _só gosto de cachaça com nome de mulher, a queda e o seu duplo.

 

E mr. Jaguares na moral da guerra, no sossego, enquanto nego lá já pedia penico, saquinho de vômito, muita calma nessa hora, pede a aeromoça,a aeromoça linda pede calma, ambulância...

 

Menos Marcelino Freire, que tem um segredo, além da sustança do angu de Sertânia no sangue: de quando em quando, durante as bebedeiras épicas, chupa um picolé _baunilha?_ para matar, de cara, a rebordosa.

 

Joca Reinerrrs, primo da Charlize Theron, que graça de menina!!!, ainda fez um quatro, mesmo embriagado pelos fermentados de um amor encorpado.

 

E ao final todos os fígados enfileirados ganharam o selo Jaguar de qualidade para brincar com respeito o tríduo momesco.

 

-E não tinha mulher nesse encontro, tio? Ah, tinha, até que tinha, mas só mulher dos outros.

 

[a cobertura completa do evento figadal está no http://www.fakerfakir.biz/ ]

 



Escrito por xico sá às 12h50
[   ] [ envie esta mensagem ]




A MARCHINHA QUE VIROU HAI-KAI

não me leve a mal

vou beijar-te agora

já é carnaval!!!!



Escrito por xico sá às 17h58
[   ] [ envie esta mensagem ]




A MULHER E O GARÇOM, OU SEJA, AS MELHORES COISAS DESSE MUNDO

Numa mesa de bar, claro.

Se não, não teria graça. Eu nem contaria.

Confesso que bebi,seu Jaguar.

Deus deveria parar o cronômetro, como um juiz de basquete, quando a vida não tivesse como locações a cama ou o botequim.

Mas nada é tão justo assim.

Numa mesa de bar. Exterior, calçada, noite.

A nega indaga:

“Por que será que garçom só decora nome de homem?”

A nega é mulher do amigo Jotabê, compadre.

De mulher de amigo também não sei sequer o batismo, o sagrado nome. Vê se pode uma coisa dessas!

Garçom só decora nome de homem?

Arrisco uma tese, PhD de pé-sujo. Com ajuda da amiga Ana Weiss, a linda do lado.

O bar é minha UFPE, meu Centro de Artes, minha UFPR, minha universidade católica, meu doutorado da USP, minha filosofia, minha cachaça, minha cátedra, minha nota de rodapé, minha escolástica...  

Desde o “Robertão 70”, onde eu bebia no Recife com Evaldo Costa, ao som do Rei e sob às vistas do sósia-proprietário, grande homem tragicamente assassinado.

A tese, sem mais torresmos mentais: ora, homem confia e trata bem o garçom, faz favor.

O garçom é o cúmplice, o ombro amigo, o divã que anda e traz o Freud, o Lacan engarrafado.

Mulher contesta.

Mulher é que confere as contas.

Mulher é Procom, homem é fraude e festa.

 Mulher acha que o garçom é aquele quarto árbitro que sempre levanta a placa do acréscimo, na beirada do campo, pedindo mais tempo, mais uma saideira.

Seu garçom faça o favor!

Garçom é a encarnação do anjo da guarda dos machos.

Garçom mantém o respeito e guarda a sete chaves o batismo das nossas melhores costelas.

Num bar, a simples pronúncia do nome de uma mulher já é o maior dos pecados. Ele sabe.

E se for mulher dos outros, meu Deus, cem anos de inferno.

Não há a menor réstia de machismo, minhas queridas, nessa elipse de gravata borboleta. Não é falha. O garçom não vos chama pelo nome por excesso de zelo, omissão sagrada, amém.

Garçom está além do bem e do mal, acima de homem e de mulher, garçom é a ONU da existência, mais uma, faz favor, e pergunta ai ao freguês de lado de quanto o meu time apanhou!



Escrito por xico sá às 13h29
[   ] [ envie esta mensagem ]




MISS CORAÇÕES SOLITÁRIOS RESPONDE

        Diante de apelos e mais apelos de almas penadas, rapazes sensíveis, raparigas sadomasoquistas, boyzinhas no viço e balzacas de todos os caritós, está de volta Miss Corações Solitários. Para quem não lembra, M.C. Solitários é uma cigana da Andaluzia que hoje habita um quintal do Capibaribe e, com a sua poderosa entidade, socorre machos & fêmeas à beira de um ataque de nervos... ou simplesmente portadores do inapagável (sic) fogo nas entranhas, como diria aquele menino de nome Pedro Almodóvar.

Às cartas, pois, que as almas aflitas ja bafejam a nuca da elevada cigana:  

***

 

Mui amada e necessária M.C. Solitários, eu ganhei de presente de uma amiga um singelo livro chamado o “O kama sutra do sexo oral”  e gostaria imensamente de aplicar umas lições em um rapaz que estou conhecendo melhor. Como dar um “beijo negro” nele sem o guri me interpretar mal? Como “preparar o terreno”, se é que tu me entendes? Como proceder? Socorra-me, ô meu analgésico genérico de todas as horas. Ass. Eu profundo e ou outros eus, Alto do Boqueirão, Curitiba.

 

Resposta: Ora, ora, tolinha, a lição que pedes, como quase tudo nessa vida, está numa canção do Roberto, a grande educação sentimental de nosotros. Repare direitinho, está tudo lá, em Cavalgada, escuta só: “Usar meus beijos como açoite/ E a minha mão mais atrevida”. Depois o bofe ainda vai cantar feliz, como naquela música de Otto: “Dedo de Deus tocou em mim...”  Mas vai com delicadeza, que é mais gostoso, como se dizia ontem no bloco das Virgens de Olinda. Cariño, tua M.C. Solitários 

 

**

Privilegiada e abençoada M.C. Solitários, serei breve, pois o meu problema é um pouco pesado para me expor assim em público. Acontece que meu marido se recusa a bater em mim, por mais que peça, clame, rogue aos céus, chore aos seus pés, implore. E sem apanhar, normal que sou, não faço amor direito, não faço amor que preste. Que fazer para despertá-lo? Tem jeito, sábia cigana? Ass. Justine, Consolação, São Paulo (SP).

 

    Resposta: Minha criança, esse camarada se “androginou”, como diz o lírico samba de Luiz Ayrão. Esses homens estão perdidos, a tal da crise do macho, já ouviste algo sobre? Não servem nem mais para nos esquentar as faces com os estalidos de uns bons e sugestivos tapas. Pra mulher apanhar hoje em dia só freqüentando aulas de boxe como sparring. Na alcova, jamais. Uma lástima. Nem pagando a gente consegue. Ficou tudo tão metrossexual, tudo tão politicamente correto que nem mesmo no sertão a gente encontra mais um Virgulino para nos dar uns tabefes no toitiço. Filha minha, te aconselho: largue esse traste. Se homem que não bate em mulher fosse bom eu tinha me casado com Mahatma Ghandi. Cariño, M.C. Solitários.

 

[se estás aflita(o), escreves também para a cigana. As missivas serão encaminhadas à tenda por este carapuceiro]



Escrito por xico sá às 10h58
[   ] [ envie esta mensagem ]




A VIDA É TRÁGICA SIMPLES E LINDA COMO UM PEDIDO DE ARROZ À GREGA

Sim, claro que ela é linda e tem os zolhinhos saltados para além do próprio juízo, vistosa, gostosa, charme e bons pisantes, calçado bico decente, uma coisa, faz é tempo, desde aquele aniversário, vestidinho verde num apartamento de Santa Cecília/Higienópolis, libra, rock, e para o bem e para o mal eu via uma certa máscara nouvelle vague, sabe? O aparente do aparente, como na leitura da vida pelos judeus. Mas eis que depois de algum diálogo, nada mudou muito, virtualidade, eita, platonismo, algodão doce da existência, como criança que vê bichos nas nuvens, e ela lá com suas heranças amorosas, como as nossas coisas/todas  que enroscam e paralisam. Mas eis que vamos ao sujinho, madruga pós-Bortolotto, nosso único e verdadeiro dramaturgo, que nos acompanha noites brancas com ou sem Deus, e ela, gestos solenes como uma deusa, pede: MOÇO, COM ARROZ À GREGA! Nada mais comovente do que uma mulher que assim solicita, arroz à grega, um clássico, e ensaia o garfo como quem cutuca a própria humanidade, ervilha, cenoura e outros verdinhos possíveis, repete, amor, a vida é sempre à grega, trágica, a vida ao mesmo tempo é simples como o pedido dela, como esse pedido a humaniza... e eis que ela me devolve de presente a surpresa e manda embalar para a viagem o que sobrou da asa e da coragem e agora estou eu aqui, lição de coisas, lambendo os beiços, gloss-baudelaire, já é, promessa de felicidade, graça alcançada de quem acredita na beleza.    



Escrito por xico sá às 06h39
[   ] [ envie esta mensagem ]


[ ver mensagens anteriores ]




 

Histórico
  17/06/2012 a 23/06/2012
  24/07/2011 a 30/07/2011
  19/12/2010 a 25/12/2010
  28/11/2010 a 04/12/2010
  21/11/2010 a 27/11/2010
  24/10/2010 a 30/10/2010
  17/10/2010 a 23/10/2010
  03/10/2010 a 09/10/2010
  26/09/2010 a 02/10/2010
  29/08/2010 a 04/09/2010
  22/08/2010 a 28/08/2010
  15/08/2010 a 21/08/2010
  08/08/2010 a 14/08/2010
  01/08/2010 a 07/08/2010
  11/07/2010 a 17/07/2010
  04/07/2010 a 10/07/2010
  20/06/2010 a 26/06/2010
  06/06/2010 a 12/06/2010
  30/05/2010 a 05/06/2010
  23/05/2010 a 29/05/2010
  16/05/2010 a 22/05/2010
  09/05/2010 a 15/05/2010
  02/05/2010 a 08/05/2010
  25/04/2010 a 01/05/2010
  11/04/2010 a 17/04/2010
  04/04/2010 a 10/04/2010
  28/03/2010 a 03/04/2010
  21/03/2010 a 27/03/2010
  07/03/2010 a 13/03/2010
  28/02/2010 a 06/03/2010
  21/02/2010 a 27/02/2010
  14/02/2010 a 20/02/2010
  07/02/2010 a 13/02/2010
  31/01/2010 a 06/02/2010
  24/01/2010 a 30/01/2010
  17/01/2010 a 23/01/2010
  13/12/2009 a 19/12/2009
  06/12/2009 a 12/12/2009
  29/11/2009 a 05/12/2009
  22/11/2009 a 28/11/2009
  15/11/2009 a 21/11/2009
  08/11/2009 a 14/11/2009
  01/11/2009 a 07/11/2009
  25/10/2009 a 31/10/2009
  18/10/2009 a 24/10/2009
  11/10/2009 a 17/10/2009
  04/10/2009 a 10/10/2009
  27/09/2009 a 03/10/2009
  20/09/2009 a 26/09/2009
  13/09/2009 a 19/09/2009
  06/09/2009 a 12/09/2009
  30/08/2009 a 05/09/2009
  23/08/2009 a 29/08/2009
  16/08/2009 a 22/08/2009
  09/08/2009 a 15/08/2009
  02/08/2009 a 08/08/2009
  26/07/2009 a 01/08/2009
  19/07/2009 a 25/07/2009
  12/07/2009 a 18/07/2009
  05/07/2009 a 11/07/2009
  28/06/2009 a 04/07/2009
  21/06/2009 a 27/06/2009
  14/06/2009 a 20/06/2009
  07/06/2009 a 13/06/2009
  31/05/2009 a 06/06/2009
  24/05/2009 a 30/05/2009
  17/05/2009 a 23/05/2009
  10/05/2009 a 16/05/2009
  03/05/2009 a 09/05/2009
  26/04/2009 a 02/05/2009
  19/04/2009 a 25/04/2009
  12/04/2009 a 18/04/2009
  05/04/2009 a 11/04/2009
  29/03/2009 a 04/04/2009
  22/03/2009 a 28/03/2009
  15/03/2009 a 21/03/2009
  08/03/2009 a 14/03/2009
  01/03/2009 a 07/03/2009
  22/02/2009 a 28/02/2009
  15/02/2009 a 21/02/2009
  08/02/2009 a 14/02/2009
  01/02/2009 a 07/02/2009
  25/01/2009 a 31/01/2009
  18/01/2009 a 24/01/2009
  11/01/2009 a 17/01/2009
  14/12/2008 a 20/12/2008
  07/12/2008 a 13/12/2008
  30/11/2008 a 06/12/2008
  23/11/2008 a 29/11/2008
  16/11/2008 a 22/11/2008
  09/11/2008 a 15/11/2008
  02/11/2008 a 08/11/2008
  26/10/2008 a 01/11/2008
  19/10/2008 a 25/10/2008
  12/10/2008 a 18/10/2008
  05/10/2008 a 11/10/2008
  28/09/2008 a 04/10/2008
  21/09/2008 a 27/09/2008
  14/09/2008 a 20/09/2008
  07/09/2008 a 13/09/2008
  31/08/2008 a 06/09/2008
  24/08/2008 a 30/08/2008
  17/08/2008 a 23/08/2008
  10/08/2008 a 16/08/2008
  03/08/2008 a 09/08/2008
  27/07/2008 a 02/08/2008
  20/07/2008 a 26/07/2008
  13/07/2008 a 19/07/2008
  06/07/2008 a 12/07/2008
  29/06/2008 a 05/07/2008
  22/06/2008 a 28/06/2008
  15/06/2008 a 21/06/2008
  08/06/2008 a 14/06/2008
  01/06/2008 a 07/06/2008
  25/05/2008 a 31/05/2008
  18/05/2008 a 24/05/2008
  11/05/2008 a 17/05/2008
  04/05/2008 a 10/05/2008
  27/04/2008 a 03/05/2008
  20/04/2008 a 26/04/2008
  13/04/2008 a 19/04/2008
  06/04/2008 a 12/04/2008
  30/03/2008 a 05/04/2008
  23/03/2008 a 29/03/2008
  16/03/2008 a 22/03/2008
  09/03/2008 a 15/03/2008
  02/03/2008 a 08/03/2008
  24/02/2008 a 01/03/2008
  17/02/2008 a 23/02/2008
  10/02/2008 a 16/02/2008
  03/02/2008 a 09/02/2008
  27/01/2008 a 02/02/2008
  20/01/2008 a 26/01/2008
  13/01/2008 a 19/01/2008
  06/01/2008 a 12/01/2008
  16/12/2007 a 22/12/2007
  09/12/2007 a 15/12/2007
  02/12/2007 a 08/12/2007
  25/11/2007 a 01/12/2007
  18/11/2007 a 24/11/2007
  11/11/2007 a 17/11/2007
  04/11/2007 a 10/11/2007
  28/10/2007 a 03/11/2007
  21/10/2007 a 27/10/2007
  14/10/2007 a 20/10/2007
  07/10/2007 a 13/10/2007
  30/09/2007 a 06/10/2007
  23/09/2007 a 29/09/2007
  16/09/2007 a 22/09/2007
  09/09/2007 a 15/09/2007
  02/09/2007 a 08/09/2007
  26/08/2007 a 01/09/2007
  19/08/2007 a 25/08/2007
  12/08/2007 a 18/08/2007
  05/08/2007 a 11/08/2007
  29/07/2007 a 04/08/2007
  22/07/2007 a 28/07/2007
  15/07/2007 a 21/07/2007
  08/07/2007 a 14/07/2007
  01/07/2007 a 07/07/2007
  24/06/2007 a 30/06/2007
  17/06/2007 a 23/06/2007
  10/06/2007 a 16/06/2007
  03/06/2007 a 09/06/2007
  27/05/2007 a 02/06/2007
  20/05/2007 a 26/05/2007
  13/05/2007 a 19/05/2007
  06/05/2007 a 12/05/2007
  29/04/2007 a 05/05/2007
  22/04/2007 a 28/04/2007
  15/04/2007 a 21/04/2007
  08/04/2007 a 14/04/2007
  01/04/2007 a 07/04/2007
  25/03/2007 a 31/03/2007
  18/03/2007 a 24/03/2007
  11/03/2007 a 17/03/2007
  04/03/2007 a 10/03/2007
  25/02/2007 a 03/03/2007
  18/02/2007 a 24/02/2007
  11/02/2007 a 17/02/2007
  04/02/2007 a 10/02/2007
  28/01/2007 a 03/02/2007
  21/01/2007 a 27/01/2007
  14/01/2007 a 20/01/2007
  07/01/2007 a 13/01/2007
  31/12/2006 a 06/01/2007
  17/12/2006 a 23/12/2006
  10/12/2006 a 16/12/2006
  03/12/2006 a 09/12/2006
  26/11/2006 a 02/12/2006
  19/11/2006 a 25/11/2006
  12/11/2006 a 18/11/2006
  05/11/2006 a 11/11/2006
  29/10/2006 a 04/11/2006
  22/10/2006 a 28/10/2006
  15/10/2006 a 21/10/2006
  08/10/2006 a 14/10/2006
  01/10/2006 a 07/10/2006
  24/09/2006 a 30/09/2006
  17/09/2006 a 23/09/2006
  10/09/2006 a 16/09/2006
  03/09/2006 a 09/09/2006
  27/08/2006 a 02/09/2006
  20/08/2006 a 26/08/2006
  13/08/2006 a 19/08/2006
  06/08/2006 a 12/08/2006
  30/07/2006 a 05/08/2006
  23/07/2006 a 29/07/2006
  16/07/2006 a 22/07/2006
  09/07/2006 a 15/07/2006
  02/07/2006 a 08/07/2006
  25/06/2006 a 01/07/2006
  18/06/2006 a 24/06/2006
  11/06/2006 a 17/06/2006
  04/06/2006 a 10/06/2006
  28/05/2006 a 03/06/2006
  21/05/2006 a 27/05/2006
  14/05/2006 a 20/05/2006
  07/05/2006 a 13/05/2006
  30/04/2006 a 06/05/2006
  23/04/2006 a 29/04/2006
  16/04/2006 a 22/04/2006
  09/04/2006 a 15/04/2006
  02/04/2006 a 08/04/2006
  26/03/2006 a 01/04/2006
  19/03/2006 a 25/03/2006
  12/03/2006 a 18/03/2006
  05/03/2006 a 11/03/2006
  26/02/2006 a 04/03/2006
  19/02/2006 a 25/02/2006
  12/02/2006 a 18/02/2006
  05/02/2006 a 11/02/2006
  29/01/2006 a 04/02/2006
  22/01/2006 a 28/01/2006
  15/01/2006 a 21/01/2006
  08/01/2006 a 14/01/2006
  01/01/2006 a 07/01/2006
  25/12/2005 a 31/12/2005
  18/12/2005 a 24/12/2005
  11/12/2005 a 17/12/2005
  04/12/2005 a 10/12/2005
  27/11/2005 a 03/12/2005
  20/11/2005 a 26/11/2005
  13/11/2005 a 19/11/2005
  06/11/2005 a 12/11/2005
  30/10/2005 a 05/11/2005
  23/10/2005 a 29/10/2005
  16/10/2005 a 22/10/2005
  09/10/2005 a 15/10/2005
  02/10/2005 a 08/10/2005
  25/09/2005 a 01/10/2005
  18/09/2005 a 24/09/2005
  11/09/2005 a 17/09/2005
  04/09/2005 a 10/09/2005
  28/08/2005 a 03/09/2005
  21/08/2005 a 27/08/2005
  14/08/2005 a 20/08/2005
  07/08/2005 a 13/08/2005
  31/07/2005 a 06/08/2005
  24/07/2005 a 30/07/2005
  17/07/2005 a 23/07/2005
  10/07/2005 a 16/07/2005
  03/07/2005 a 09/07/2005
  26/06/2005 a 02/07/2005
  19/06/2005 a 25/06/2005
  12/06/2005 a 18/06/2005
  05/06/2005 a 11/06/2005
  29/05/2005 a 04/06/2005
  22/05/2005 a 28/05/2005
  15/05/2005 a 21/05/2005
  08/05/2005 a 14/05/2005
  01/05/2005 a 07/05/2005
  24/04/2005 a 30/04/2005


Outros sites
  Editora do Bispo
  Blog da editora do bispo
  aurora boulevard, uma janela para o melhor da existência
  notasubmersas - mergulho en la isla encantada
  Sorte & Azar S/A
  La liga de la vesga y outros debujos incriibles
  balcan beat box & nikolai gogol bordelo
  Portunhol selvagem és mi pátria y mi lengua
  Doktor Estranho - pense!
  eraOdito, o homi, o mito, o kabrito, vale o escrito
  El Impostor y sus presídios de buelsillo
  jazz do interior by bombig
  sabe aquele cara do cheiro do ralo?
  scottlândia & otros darwinismos gauches
  Bortolotto, uiscão y raiban
Votação
  Dê uma nota para meu blog



O que é isto?