o carapuceiro



DA CARNE ROSA E NEGRA BANHADA DE LEITE

Foi assim que começamos nossa história. Se breve ou não, pouco interessa, disse ele. E leu um trecho de Bataille para a moça, que acendia um cigarro e perguntava, solene, se podia fumar na sua casa. Achou o isqueiro, ela riu, daqueles isqueiros de sex shop, presente de aniversário de amigo que o identifica com o tema mais óbvio: SEXO.

Não se sabe o motivo, não chovia, melancolia não havia, nada acontecia, o coração nem doía  mas eles ouviam Tom Waits, vê se pode, como se fossem seres nublados & obscuros, como naquele tempo em que ele morava sob tempestades do Centro-Oeste,Brasília, entende?

Vê que passagem, ele lia:

“Suas meias de seda preta subiam acima do joelho. Eu ainda não tinha conseguido vê-la até o cu (esse nome que eu sempre empregava com Simone, era para mim o mais belo entre os nomes do sexo). Imaginava apenas que levantando o avental, contemplaria a sua bunda pelada.”

Ela voava com a fumaça do cigarro por cima dos edifícios de São Paulo e nem percebia o que ele lia. Ou gostava dele ao ponto de ficar bem tranqüila, zen, ali na dela, ou estava noutra, bem longe, sinto muito minha pobre narrativa, mas não há como saber o que rola além da nuvem óbvia de nicotina de uma mulher que lindamente fuma.  

O gato bolinou com os tacos soltos da sala e aquilo o fez recordar o Último Tango, o da manteiga minha nega, lembra?.

Havia no corredor um prato de leite para o gato, ai já é Bataille sendo roubado por este escriba batedor de carteiras, imagens, metáforas e frases de amigos encachaçados.

- Caguei para metáforas – disse ela, indie desaforada da porra, enquanto desenganchava sua mochilinha vermelha das costas.

Ele prosseguiu sua leitura, afinal de contas ela só fumava com uma arrogância de atriz de nouvelle vague:

- Os pratos foram feitos para a gente sentar – disse Simone. – Quer apostar que eu me sento no prato?

- Duvido que você se atreva – respondi, ofegante.

- Fazia calor. Simone colocou o prato num banquinho, instalou-se à minha frente e, sem desviar dos meu olhos, sentou-se e mergulhou a bunda no leite. Por um momento fiquei imóvel, tremendo, o sangue subindo à cabeça, enquanto ela olhava meu pau se erguer na calça. Deitei-me aos seus pés.Ela não se mexia; pela primeira vez, vi sua “carne rosa e negra” banhada em leite branco. Permanecemos  imóveis por muito tempo, ambos ruborizados.

De repente, ela se levantou: o leite escorreu por suas coxas até as meias. Enxugou-se com um lenço, por cima da minha cabeça, com um pé no banquinho. Eu esfregava o pau, me remexendo no assoalho. Gozamos no mesmo instante, sem nos tocarmos. 



Escrito por xico sá às 15h01
[   ] [ envie esta mensagem ]




CONCERTO PARA CORAÇÕES AFLITOS E OUTRAS BALADAS DO DESASSOSSEGO

Nick Cave clama "Do You Love Me" no clipe gravado no Love Story, Tom Waits recita "Rain Dogs" na praça Roosevelt, uma canção brega no rádio do táxi, tire o seu sorriso do caminho, suba a Consolação comigo, que eu vou chorar com Wander Wildner.
Derramo lágrimas de vinho barato, choro as dores novas e faço iê-iê-iê do amor que perdeu o prazo de validade, já foi tarde. Flâneur ordinário, sigo o caminho do cemitério e imito de forma caricata os passos dos vagabundos que sofrem nos romances russos. Até que me deparo com o trovador punk, que canta no porão da rua Piauí as desventuras de ratos e homens.
"Estoy subindo las montanhas da guarda/.../ y tiengo um páraquedas para te salvar/ porque trago um pára-quedas em mi corazón", manda W.W.
Mesmo os que não derramam lágrimas alcoolizadas, choram de alguma forma no show. De lá não se sai ileso, mesmo o mais empedernido dos machões. W.W. nos faz lembrar, com o seu punk brega, que somos caras carentes, desajustados habitantes da imensa Carençolândia que é a existência; nos faz rir das nossas assombrações, da nossa tara pela vizinha, da empregada de Guadalajara que um dia trabalhou para Elvis nos seus tempos de seresteiro.
O show deixa patente que a vida não é mesmo bossa nova. A vida ou é punk ou é brega. E W.W., como poucos, sabe fazer labaredas ao juntar essas duas correntes. Um show para quem não tem medo de cair, para quem domina a arte de nadar no seco.

[O serviço: Estréia hoje, dia 6 de julho, quinta-feira, o show SUB VERSÕES no Café Camalehon, rua Piauí, 103, Higienópolis, SP. Neste espetáculo solo o baladeiro punkbrega apresenta as suas versões para as músicas que mais influenciam sua carreira. O repertório inclui de Sex Pistols (Lonely Boy) até Bruno & Marrone (Dormi na Praça), passando por Rolling Stones (Out of Time), Ramones (I love You), Graforréia Xilarmônica (Amigo Punk) e Iggy Pop (Candy). É a irreverência do bardo sulista esquentando a noite paulistana! – Dá-me vinho que a vida é nada!]

 



Escrito por xico sá às 16h32
[   ] [ envie esta mensagem ]




DOS SACRIFÍCIOS (?) DO AMOR ETC

Tudo é possível nos floridos inícios de namoros, cachos, romances, acasalamentos etc. Tudo na base do “ora direis, ouvir estrelas”.  Vale tudo. Fazemos os 12 trabalhos de Hércules assobiando. Carregamos, sem suar, a pedra que tanto pesou sobre o velho Sísifo. O que você não me pede chorando que eu não te faça sorrindo. Uma amiga acaba de me contar aqui, durante umas cervejas, o seu último sacrifício do gênero: fez uma interminável trilha pelo mato, daquelas que deixam até o mais caminhador dos ianomâmis no bagaço. Tudo pelo bofe. Para completar, o rapaz, um Apolo, segundo ela, é vegetariano radical. “Olhos azuis!!!”, ela gasta as exclamações. O mais é impublicável. Vegetariano sectário. Carne nem pensar. E ela ama uma bisteca, um cordeiro, uma picanha, um galeto de padaria ou de esquina. Nada de bebida alcoólica. E ela adora uma boemia.Lá vai então a nossa “sedentária ativista”, como ela se define, na mais íngreme das trilhas. Haja mata atlântica. Quatro minutos depois ela já passava mal. Um inferno verde de Dante. Achava que iria morrer.“Ele pegou e ficou segurando a minha mão”, derrete-se a nega qual manteiga de garrafa, manteiga da terra Ah, uma cerveja! Os sacrifícios dos capítulos iniciais da paixão, do amor ou do possível amor.O pior, brincamos, é que ele não come nada que tenha rosto _eis a moral dos vegetarianos. E a minha amiga, é bom que se diga, tem um rosto lindo, lindo, lindo. Um espetáculo de rapariga! Além de trilha, o cara também faz yoga. Pronuncia-se afrescalhadamente com o “o” fechado, yôôôôga! O que me fez lembrar de um amigo, caruaruense de boa cepa que habita São Paulo há tempos, que começou a fazer yoga (olha o biquinho do “ô” fechado!) por causa de uma mulher que frequentava a tal aula. Sacrifícios do amor, ora veja. Faz-se de tudo na paixão roxa. Meu amigo Fraguinha, por exemplo, odeia comida japonesa. Na semana passada empanturrou-se dos sashimis mais exóticos por causa de uma gazela. “Adooooro tudo do mundo oriental”, derramava-se o canalha. “Tóquio é uma maravilha, estive lá no ano passado; na próxima a gente vai juntos”, mentia o adorável carioca. Tudo é possível no momento de bater o centro, dar o pontapé inicial no namoro, no cacho, no rolo, no romance, seja lá que batismo tenha essa arte de juntar duas criaturas para o bem-bom da vida. Faz-se de tudo. Até sexo em pé numa rede, essa arte-mor nunca prevista pelos manuais, catecismos ou Kama Sutra, mas nobre principalmente para nós do Nordeste. Faz-se de tudo. Intelectual apaixonado lê Paulo Coelho, quando o autor é o preferido da sua costela, e ainda encontra um corte epistemológico para morrer de elogiá-lo. Vale tudo, o amor tudo pode. Machão tosco vê cinema francês e chora de molhar a camisa; mulher se acaba de torcer num Sport X Santa, num Paraná x Coritiba, num Santos x Lusa, num Botafogo x Madureira... Isso é lindo, aqui e agora, viva a densidade possível. Depois é depois, ai é só tentar continuar na arte zen de consertar encrencas... Casar ou comprar uma motocicleta.



Escrito por xico sá às 03h38
[   ] [ envie esta mensagem ]


[ ver mensagens anteriores ]




 

Histórico
  17/06/2012 a 23/06/2012
  24/07/2011 a 30/07/2011
  19/12/2010 a 25/12/2010
  28/11/2010 a 04/12/2010
  21/11/2010 a 27/11/2010
  24/10/2010 a 30/10/2010
  17/10/2010 a 23/10/2010
  03/10/2010 a 09/10/2010
  26/09/2010 a 02/10/2010
  29/08/2010 a 04/09/2010
  22/08/2010 a 28/08/2010
  15/08/2010 a 21/08/2010
  08/08/2010 a 14/08/2010
  01/08/2010 a 07/08/2010
  11/07/2010 a 17/07/2010
  04/07/2010 a 10/07/2010
  20/06/2010 a 26/06/2010
  06/06/2010 a 12/06/2010
  30/05/2010 a 05/06/2010
  23/05/2010 a 29/05/2010
  16/05/2010 a 22/05/2010
  09/05/2010 a 15/05/2010
  02/05/2010 a 08/05/2010
  25/04/2010 a 01/05/2010
  11/04/2010 a 17/04/2010
  04/04/2010 a 10/04/2010
  28/03/2010 a 03/04/2010
  21/03/2010 a 27/03/2010
  07/03/2010 a 13/03/2010
  28/02/2010 a 06/03/2010
  21/02/2010 a 27/02/2010
  14/02/2010 a 20/02/2010
  07/02/2010 a 13/02/2010
  31/01/2010 a 06/02/2010
  24/01/2010 a 30/01/2010
  17/01/2010 a 23/01/2010
  13/12/2009 a 19/12/2009
  06/12/2009 a 12/12/2009
  29/11/2009 a 05/12/2009
  22/11/2009 a 28/11/2009
  15/11/2009 a 21/11/2009
  08/11/2009 a 14/11/2009
  01/11/2009 a 07/11/2009
  25/10/2009 a 31/10/2009
  18/10/2009 a 24/10/2009
  11/10/2009 a 17/10/2009
  04/10/2009 a 10/10/2009
  27/09/2009 a 03/10/2009
  20/09/2009 a 26/09/2009
  13/09/2009 a 19/09/2009
  06/09/2009 a 12/09/2009
  30/08/2009 a 05/09/2009
  23/08/2009 a 29/08/2009
  16/08/2009 a 22/08/2009
  09/08/2009 a 15/08/2009
  02/08/2009 a 08/08/2009
  26/07/2009 a 01/08/2009
  19/07/2009 a 25/07/2009
  12/07/2009 a 18/07/2009
  05/07/2009 a 11/07/2009
  28/06/2009 a 04/07/2009
  21/06/2009 a 27/06/2009
  14/06/2009 a 20/06/2009
  07/06/2009 a 13/06/2009
  31/05/2009 a 06/06/2009
  24/05/2009 a 30/05/2009
  17/05/2009 a 23/05/2009
  10/05/2009 a 16/05/2009
  03/05/2009 a 09/05/2009
  26/04/2009 a 02/05/2009
  19/04/2009 a 25/04/2009
  12/04/2009 a 18/04/2009
  05/04/2009 a 11/04/2009
  29/03/2009 a 04/04/2009
  22/03/2009 a 28/03/2009
  15/03/2009 a 21/03/2009
  08/03/2009 a 14/03/2009
  01/03/2009 a 07/03/2009
  22/02/2009 a 28/02/2009
  15/02/2009 a 21/02/2009
  08/02/2009 a 14/02/2009
  01/02/2009 a 07/02/2009
  25/01/2009 a 31/01/2009
  18/01/2009 a 24/01/2009
  11/01/2009 a 17/01/2009
  14/12/2008 a 20/12/2008
  07/12/2008 a 13/12/2008
  30/11/2008 a 06/12/2008
  23/11/2008 a 29/11/2008
  16/11/2008 a 22/11/2008
  09/11/2008 a 15/11/2008
  02/11/2008 a 08/11/2008
  26/10/2008 a 01/11/2008
  19/10/2008 a 25/10/2008
  12/10/2008 a 18/10/2008
  05/10/2008 a 11/10/2008
  28/09/2008 a 04/10/2008
  21/09/2008 a 27/09/2008
  14/09/2008 a 20/09/2008
  07/09/2008 a 13/09/2008
  31/08/2008 a 06/09/2008
  24/08/2008 a 30/08/2008
  17/08/2008 a 23/08/2008
  10/08/2008 a 16/08/2008
  03/08/2008 a 09/08/2008
  27/07/2008 a 02/08/2008
  20/07/2008 a 26/07/2008
  13/07/2008 a 19/07/2008
  06/07/2008 a 12/07/2008
  29/06/2008 a 05/07/2008
  22/06/2008 a 28/06/2008
  15/06/2008 a 21/06/2008
  08/06/2008 a 14/06/2008
  01/06/2008 a 07/06/2008
  25/05/2008 a 31/05/2008
  18/05/2008 a 24/05/2008
  11/05/2008 a 17/05/2008
  04/05/2008 a 10/05/2008
  27/04/2008 a 03/05/2008
  20/04/2008 a 26/04/2008
  13/04/2008 a 19/04/2008
  06/04/2008 a 12/04/2008
  30/03/2008 a 05/04/2008
  23/03/2008 a 29/03/2008
  16/03/2008 a 22/03/2008
  09/03/2008 a 15/03/2008
  02/03/2008 a 08/03/2008
  24/02/2008 a 01/03/2008
  17/02/2008 a 23/02/2008
  10/02/2008 a 16/02/2008
  03/02/2008 a 09/02/2008
  27/01/2008 a 02/02/2008
  20/01/2008 a 26/01/2008
  13/01/2008 a 19/01/2008
  06/01/2008 a 12/01/2008
  16/12/2007 a 22/12/2007
  09/12/2007 a 15/12/2007
  02/12/2007 a 08/12/2007
  25/11/2007 a 01/12/2007
  18/11/2007 a 24/11/2007
  11/11/2007 a 17/11/2007
  04/11/2007 a 10/11/2007
  28/10/2007 a 03/11/2007
  21/10/2007 a 27/10/2007
  14/10/2007 a 20/10/2007
  07/10/2007 a 13/10/2007
  30/09/2007 a 06/10/2007
  23/09/2007 a 29/09/2007
  16/09/2007 a 22/09/2007
  09/09/2007 a 15/09/2007
  02/09/2007 a 08/09/2007
  26/08/2007 a 01/09/2007
  19/08/2007 a 25/08/2007
  12/08/2007 a 18/08/2007
  05/08/2007 a 11/08/2007
  29/07/2007 a 04/08/2007
  22/07/2007 a 28/07/2007
  15/07/2007 a 21/07/2007
  08/07/2007 a 14/07/2007
  01/07/2007 a 07/07/2007
  24/06/2007 a 30/06/2007
  17/06/2007 a 23/06/2007
  10/06/2007 a 16/06/2007
  03/06/2007 a 09/06/2007
  27/05/2007 a 02/06/2007
  20/05/2007 a 26/05/2007
  13/05/2007 a 19/05/2007
  06/05/2007 a 12/05/2007
  29/04/2007 a 05/05/2007
  22/04/2007 a 28/04/2007
  15/04/2007 a 21/04/2007
  08/04/2007 a 14/04/2007
  01/04/2007 a 07/04/2007
  25/03/2007 a 31/03/2007
  18/03/2007 a 24/03/2007
  11/03/2007 a 17/03/2007
  04/03/2007 a 10/03/2007
  25/02/2007 a 03/03/2007
  18/02/2007 a 24/02/2007
  11/02/2007 a 17/02/2007
  04/02/2007 a 10/02/2007
  28/01/2007 a 03/02/2007
  21/01/2007 a 27/01/2007
  14/01/2007 a 20/01/2007
  07/01/2007 a 13/01/2007
  31/12/2006 a 06/01/2007
  17/12/2006 a 23/12/2006
  10/12/2006 a 16/12/2006
  03/12/2006 a 09/12/2006
  26/11/2006 a 02/12/2006
  19/11/2006 a 25/11/2006
  12/11/2006 a 18/11/2006
  05/11/2006 a 11/11/2006
  29/10/2006 a 04/11/2006
  22/10/2006 a 28/10/2006
  15/10/2006 a 21/10/2006
  08/10/2006 a 14/10/2006
  01/10/2006 a 07/10/2006
  24/09/2006 a 30/09/2006
  17/09/2006 a 23/09/2006
  10/09/2006 a 16/09/2006
  03/09/2006 a 09/09/2006
  27/08/2006 a 02/09/2006
  20/08/2006 a 26/08/2006
  13/08/2006 a 19/08/2006
  06/08/2006 a 12/08/2006
  30/07/2006 a 05/08/2006
  23/07/2006 a 29/07/2006
  16/07/2006 a 22/07/2006
  09/07/2006 a 15/07/2006
  02/07/2006 a 08/07/2006
  25/06/2006 a 01/07/2006
  18/06/2006 a 24/06/2006
  11/06/2006 a 17/06/2006
  04/06/2006 a 10/06/2006
  28/05/2006 a 03/06/2006
  21/05/2006 a 27/05/2006
  14/05/2006 a 20/05/2006
  07/05/2006 a 13/05/2006
  30/04/2006 a 06/05/2006
  23/04/2006 a 29/04/2006
  16/04/2006 a 22/04/2006
  09/04/2006 a 15/04/2006
  02/04/2006 a 08/04/2006
  26/03/2006 a 01/04/2006
  19/03/2006 a 25/03/2006
  12/03/2006 a 18/03/2006
  05/03/2006 a 11/03/2006
  26/02/2006 a 04/03/2006
  19/02/2006 a 25/02/2006
  12/02/2006 a 18/02/2006
  05/02/2006 a 11/02/2006
  29/01/2006 a 04/02/2006
  22/01/2006 a 28/01/2006
  15/01/2006 a 21/01/2006
  08/01/2006 a 14/01/2006
  01/01/2006 a 07/01/2006
  25/12/2005 a 31/12/2005
  18/12/2005 a 24/12/2005
  11/12/2005 a 17/12/2005
  04/12/2005 a 10/12/2005
  27/11/2005 a 03/12/2005
  20/11/2005 a 26/11/2005
  13/11/2005 a 19/11/2005
  06/11/2005 a 12/11/2005
  30/10/2005 a 05/11/2005
  23/10/2005 a 29/10/2005
  16/10/2005 a 22/10/2005
  09/10/2005 a 15/10/2005
  02/10/2005 a 08/10/2005
  25/09/2005 a 01/10/2005
  18/09/2005 a 24/09/2005
  11/09/2005 a 17/09/2005
  04/09/2005 a 10/09/2005
  28/08/2005 a 03/09/2005
  21/08/2005 a 27/08/2005
  14/08/2005 a 20/08/2005
  07/08/2005 a 13/08/2005
  31/07/2005 a 06/08/2005
  24/07/2005 a 30/07/2005
  17/07/2005 a 23/07/2005
  10/07/2005 a 16/07/2005
  03/07/2005 a 09/07/2005
  26/06/2005 a 02/07/2005
  19/06/2005 a 25/06/2005
  12/06/2005 a 18/06/2005
  05/06/2005 a 11/06/2005
  29/05/2005 a 04/06/2005
  22/05/2005 a 28/05/2005
  15/05/2005 a 21/05/2005
  08/05/2005 a 14/05/2005
  01/05/2005 a 07/05/2005
  24/04/2005 a 30/04/2005


Outros sites
  Editora do Bispo
  Blog da editora do bispo
  aurora boulevard, uma janela para o melhor da existência
  notasubmersas - mergulho en la isla encantada
  Sorte & Azar S/A
  La liga de la vesga y outros debujos incriibles
  balcan beat box & nikolai gogol bordelo
  Portunhol selvagem és mi pátria y mi lengua
  Doktor Estranho - pense!
  eraOdito, o homi, o mito, o kabrito, vale o escrito
  El Impostor y sus presídios de buelsillo
  jazz do interior by bombig
  sabe aquele cara do cheiro do ralo?
  scottlândia & otros darwinismos gauches
  Bortolotto, uiscão y raiban
Votação
  Dê uma nota para meu blog



O que é isto?