o carapuceiro



A BOLA E A MULHER OU VICE-VERSA *

Amigo torcedor, amigo secador, quando o Pereira me disse, ainda no século passado, que ninguém fazia mais sexo na terra da Rainha, eu achei que era apenas um dos seus tantos chistes geniais. Mas que nada, qual o quê, era a mais certeira das verdades.

Ciente de uma pesquisa divulgada esta semana pela BBC, o mesmo Pereira, recrutador e olheiro de uma luxuosa casa de tolerância de São Paulo, volta à forra: “Sexo é coisa de estivador, a Europa não perde mais tempo com esse ato selvagem”.

É, amigo, seis em cada dez europeus preferem um jogo de futebol a uma conjunção carnal. Entre o Chelsea e uma noite com Kate Moss, o time, óbvio. Mesmo considerando que as européias, na média, não têm o latifúndio dorsal das nossas Paraguaçus, não deixa de ser supreendente o resultado da enquete.

Pereira acredita que os brasileiros já seguem a tendência, apesar da cerimônia em revelar, numa boa, numa nice, a tal troca. Ele mesmo largou a sua morena da praia, na noite de quarta, para ver o embate dos aristocráticos tricolores no Maraca.

A gazela ainda tentou, depois do gol do galalau Washington, uns cafunés, uns afagos, um vem-cá-meu-nego, um xenhenhém, e nada. Apenas viu escorrer no rosto do Pereira as  duas lágrimas geladas da música do Wando.

Quando o São Paulo vence, Pereira até que cresce no jogo, vai para cima, ganha o motor-rádio da alcova, vira uma espécie de Adriano nas grandes noites. A ciência explica o fenômeno: segundo pesquisa gringa, quando o time do macho triunfa, ele ganha 27,6 % a mais de testosterona nas veias.

Imagine, amigo, como devem estar envernizados, como diz a lírica brega do grupo Academia da Berlinda, os torcedores do Sport Recife. Ainda mais quando o Leão do Norte joga na Ilha de Lost, como os rubronegros chamam agora a sua casa, onde os adversários se perdem, lesadamente, em campo, conforme sopra aqui o jovem escriba Carlyle Paes Barreto.

Os gravatinhas do Flu também estão assanhados, embora vislumbrem, além muito além das mesas do Serafim e da rua Alice, o fantasma azul do Boca.

Pereira prefere não tratar desse assunto. Tapeia o cronista falando mais uma vez da recente pesquisa entre os europeus. “E você viu, rapaz, que 88% responderam ter abraçado e até beijado desconhecidos durante a celebração de gols ou de vitórias?”

É, amigo, o amor é mesmo lindo nas arquibancadas. O mais intransigente dos machões agarra o homem do lado sem medo de sair mal na foto. A maioria dos homens também chora nos grandes triunfos ou quedas de impérios ludopédicos, mesmo aquelas criaturas de olhos secos e corações siberianos.

 Os mais chorões são os portugueses, diz o estudo das torcidas. São capazes de aumentar em um palmo as águas do Tejo quando o Benfica fracassa no Estádio da Luz, a sagrada catedral. Choram e soluçam enquanto recitam um fado,um rock do Xutos & Pontapés ou o último soneto de Mário Sá-Carneiro.

Lição do ABC

O Edgar, o mal-assombrado corvo que ganhou animação feita por Caco Galhardo para o “Cartão Verde” (tv Cultura), informa o seu destino no feridão: voou para o Rio Grande do Norte e espera, ali no alto do maior cajueiro do mundo, aquele de Pirangi, a equipe do Corinthians. Mano Menezes e grande elenco que se cuidem. O Frasqueirão, mais conhecido como “La Bombonera potiguar”, vai ferver bonito.

 * crônica das sextas-feiras da Folha de S.Paulo.



Escrito por xico sá às 16h25
[   ] [ envie esta mensagem ]




VIAGEM AO REDOR DO BARTLEBY BRAZUCA

O “prefiro não fazê-lo” do velho escriturário Bartleby, personagem em voga de Melville, tem outro sentido nestas plagas. É sempre balbuciado depois do prejuízo, depois das favas contadas, depois de todos os brejos, depois que Inês é morta...    

Sempre que o chefe pedia algo, Bartleby dizia o mesmo, mantra do sedentarismo metafísico: “Prefiro não fazê-lo”.

Dez minutos depois, de novo, lá estava ele: “Prefiro...”

Uma simples rubrica, um carimbo...

“Prefiro...”

Rodar textos em mimeógrafo, mesmo mimeógrafo a álcool, como da sua preferência, “prefiro não embriagar-me”, diria, barnabé por ofício.

Amor, mesmo platônico, prefiro não cometê-lo.

Suor para um sexo homérico? Prefiro não derramá-lo.

O vício dele era dizer um “não” preventivo até mesmo à mais automática das virtudes.

Até na hora da morte, preferiu não obedecer à velha da foice.    

 

Prefiro puxar a descarga

 

Por aqui, o Bartleby brazuca tem outro sentido.

Outro dia, com as barrigas vincadas na fórmica do balcão da Mercearia São Pedro, concluímos, num acalourado simpósio extra-acadêmico, que a tal da literatura-do-não cá entre nós não viceja _quando menos esperamos a obra está completa, não há hiato, nem mesmo soluço, apenas reticências, quando muito. Aí só nos resta puxar a cordinha do arrependimento, digo, da descarga existencialista.

 

 

Preferência interativa

 

“Preferia nem ter existido”, diria o Bartleby desta terra alegre e das gentes tristes _ou o contrário, pois aqui, dotô Paulo Prado, a interatividade agora é quem decide. Se você acha que é uma Pátria alegre de povo sorumbático, ligue 0800.xxx.xxx; se você acha que é um solo modorrento do contrário...

 

Preferimos não bebê-la

 

Ainda no nosso iluminismo fluorescente de boteco, seguindo o mote de J.R.Terron e sob curadoria luxuosa de Marquinhos, concluímos, crítica da cachaça mineira pura: “Preferimos nem bebê-la”. Isso depois, óbvio, de entornar a danada. Assim como a ressaca, por exemplo, que preferimos não senti-la.

 

Bartlaby, Bartlabrás

 

O “prefiro não fazê-lo”, por mais que macunaímico pareçca, aqui tem outro intento, não cai na tentação fácil nem mesmo do futuro do pretérito.

Preferimos agradecer a preferência, assim rasteiro, volte sempre, o mito da cordialidade, Bartlabrás, compensa.



Escrito por xico sá às 00h49
[   ] [ envie esta mensagem ]




HAI KAI BILÍNGUE PARA UNA CHICA ÚNICA

 

ruido en las alcantarillas:*

   escorre dentro de ti

uma chuva de estrelas .

 

 

*verso livremente sampleado do livro "Tuca" (ed.vox), do poeta argentino Fabían Casas.



Escrito por xico sá às 22h08
[   ] [ envie esta mensagem ]




O BOMBEIRO QUE ME TIROU DE JESUS*

Eu fugi do catecismo aos 13 anos... e ganhei de presente um Marquês de Sade de um amigo mais velho na mesma época...foi muito mais esclarecedor e aos 13 eu também  encontrei por acaso a coleção de revistas pornôs dos meus primos mais velhos... Eu e minhas primas passávamos as tardes vendo (vendo mesmo.. no sentido didático da palavra...feito crianças abobalhadas) escondidas. Este meu amigo era bombeiro...  mas era um intelectual... um bombeiro intelectual de Ermelino Matarazzo (periferia de São Paulo) ...já imaginou?  um cara de 30 anos... me apresentou a coisas geniais ... grande amigo. saudade dele... SUSPIROS AO FUNDO. CORTA!” 

 

*depoimento da gazela F.G. para o Catecismo de Devoções, Intimidades & Pornografias, opúsculo deste compilador q vos bafeja a nuca, disponível para download de graça no site da editora do bispo. 



Escrito por xico sá às 13h28
[   ] [ envie esta mensagem ]




MI CORAZÓN ES UNA LENDA SELVAGEM

“Não llora, amor”, Marguerita implora, “não llora bebezito de mi pobre bida”.

Donde vem esse portunhol selvagem, maluca?, pergunto de volta.

Ela me fazia dormir las siestas embaladas com incribles lendas guaranys, cunha-taís, histórias da tríplice fronteira, formigas gigantes viciadas no magnésio de fitas cassetes –com guarânias e boleros- e dos carregamentos de VHS,por supuesto, como diz a ficha criminale.  

Marguerita estivera com os Jivaros, uns índios da Alta Amazônia, uns índios abusados em suas existências, radicalíssimos os Jivaros, anarquistas ao extremo, que fazem de todos os dias uma viagem sem fim, tribo do Piemonte andino, pelo que me recordo...

“POLÍGAMOS RADICALES”, ela diz, com um entusiasmo rasgado.“MATERIALISTAS!!!, SENSUALISTAS!!!, POSITIVISTAS EXTREMOS!!!”, disse sobre eles o padre Vacas Galindo, ela me conta.

 Esse conto do vigário é de 1895, de novo ela, sopra, recita, para a minha cara de leso maconheiro sem memória, mil oitocentos e quanto mesmo? Século 18 ou 19? Como se isso tivesse importância.

Quatro anos después, o abade François-Pierre, ela me ilumina, ah, me gusta da memória de los viajantes, havia dito:

"A família jivaro é um lupanar no qual a devassidão mais desavergonhada é exposta sem restrições nem pudor!".

Paudurescência na hora, me sentia um jivaro àquela altura diante da minha linda antropóloga da selva ou sabe-se lá, me gusta las cientistas picaretas, o que seria essa mulher, será que ela existe? Será que ela existe uma vez que la própria mujer non erriste, conforme Lacan un dia hay surtado no seu gabinete?

Continuarei a inventá-la daqui por delante, porque homem que é homem prefere inventá-las, jamais à sua imagem e semelhança, mas prefere inventá-las a acreditar que a mulher, incluindo a mulher do vigário,seja mesmo uma ficção de nuestras costelas bíblicas.

Marguerita me beija de nuevo na boca. Selvagem essa mina. As formigas gigantes sobem pelas pernas, quando atingirem os bagos gozaremos como viejos lagartos vulcânicos. Será a hora de dizer-te adiós, hermosa chica, como no bolero para o amor mais sincero.



Escrito por xico sá às 01h15
[   ] [ envie esta mensagem ]


[ ver mensagens anteriores ]




 

Histórico
  17/06/2012 a 23/06/2012
  24/07/2011 a 30/07/2011
  19/12/2010 a 25/12/2010
  28/11/2010 a 04/12/2010
  21/11/2010 a 27/11/2010
  24/10/2010 a 30/10/2010
  17/10/2010 a 23/10/2010
  03/10/2010 a 09/10/2010
  26/09/2010 a 02/10/2010
  29/08/2010 a 04/09/2010
  22/08/2010 a 28/08/2010
  15/08/2010 a 21/08/2010
  08/08/2010 a 14/08/2010
  01/08/2010 a 07/08/2010
  11/07/2010 a 17/07/2010
  04/07/2010 a 10/07/2010
  20/06/2010 a 26/06/2010
  06/06/2010 a 12/06/2010
  30/05/2010 a 05/06/2010
  23/05/2010 a 29/05/2010
  16/05/2010 a 22/05/2010
  09/05/2010 a 15/05/2010
  02/05/2010 a 08/05/2010
  25/04/2010 a 01/05/2010
  11/04/2010 a 17/04/2010
  04/04/2010 a 10/04/2010
  28/03/2010 a 03/04/2010
  21/03/2010 a 27/03/2010
  07/03/2010 a 13/03/2010
  28/02/2010 a 06/03/2010
  21/02/2010 a 27/02/2010
  14/02/2010 a 20/02/2010
  07/02/2010 a 13/02/2010
  31/01/2010 a 06/02/2010
  24/01/2010 a 30/01/2010
  17/01/2010 a 23/01/2010
  13/12/2009 a 19/12/2009
  06/12/2009 a 12/12/2009
  29/11/2009 a 05/12/2009
  22/11/2009 a 28/11/2009
  15/11/2009 a 21/11/2009
  08/11/2009 a 14/11/2009
  01/11/2009 a 07/11/2009
  25/10/2009 a 31/10/2009
  18/10/2009 a 24/10/2009
  11/10/2009 a 17/10/2009
  04/10/2009 a 10/10/2009
  27/09/2009 a 03/10/2009
  20/09/2009 a 26/09/2009
  13/09/2009 a 19/09/2009
  06/09/2009 a 12/09/2009
  30/08/2009 a 05/09/2009
  23/08/2009 a 29/08/2009
  16/08/2009 a 22/08/2009
  09/08/2009 a 15/08/2009
  02/08/2009 a 08/08/2009
  26/07/2009 a 01/08/2009
  19/07/2009 a 25/07/2009
  12/07/2009 a 18/07/2009
  05/07/2009 a 11/07/2009
  28/06/2009 a 04/07/2009
  21/06/2009 a 27/06/2009
  14/06/2009 a 20/06/2009
  07/06/2009 a 13/06/2009
  31/05/2009 a 06/06/2009
  24/05/2009 a 30/05/2009
  17/05/2009 a 23/05/2009
  10/05/2009 a 16/05/2009
  03/05/2009 a 09/05/2009
  26/04/2009 a 02/05/2009
  19/04/2009 a 25/04/2009
  12/04/2009 a 18/04/2009
  05/04/2009 a 11/04/2009
  29/03/2009 a 04/04/2009
  22/03/2009 a 28/03/2009
  15/03/2009 a 21/03/2009
  08/03/2009 a 14/03/2009
  01/03/2009 a 07/03/2009
  22/02/2009 a 28/02/2009
  15/02/2009 a 21/02/2009
  08/02/2009 a 14/02/2009
  01/02/2009 a 07/02/2009
  25/01/2009 a 31/01/2009
  18/01/2009 a 24/01/2009
  11/01/2009 a 17/01/2009
  14/12/2008 a 20/12/2008
  07/12/2008 a 13/12/2008
  30/11/2008 a 06/12/2008
  23/11/2008 a 29/11/2008
  16/11/2008 a 22/11/2008
  09/11/2008 a 15/11/2008
  02/11/2008 a 08/11/2008
  26/10/2008 a 01/11/2008
  19/10/2008 a 25/10/2008
  12/10/2008 a 18/10/2008
  05/10/2008 a 11/10/2008
  28/09/2008 a 04/10/2008
  21/09/2008 a 27/09/2008
  14/09/2008 a 20/09/2008
  07/09/2008 a 13/09/2008
  31/08/2008 a 06/09/2008
  24/08/2008 a 30/08/2008
  17/08/2008 a 23/08/2008
  10/08/2008 a 16/08/2008
  03/08/2008 a 09/08/2008
  27/07/2008 a 02/08/2008
  20/07/2008 a 26/07/2008
  13/07/2008 a 19/07/2008
  06/07/2008 a 12/07/2008
  29/06/2008 a 05/07/2008
  22/06/2008 a 28/06/2008
  15/06/2008 a 21/06/2008
  08/06/2008 a 14/06/2008
  01/06/2008 a 07/06/2008
  25/05/2008 a 31/05/2008
  18/05/2008 a 24/05/2008
  11/05/2008 a 17/05/2008
  04/05/2008 a 10/05/2008
  27/04/2008 a 03/05/2008
  20/04/2008 a 26/04/2008
  13/04/2008 a 19/04/2008
  06/04/2008 a 12/04/2008
  30/03/2008 a 05/04/2008
  23/03/2008 a 29/03/2008
  16/03/2008 a 22/03/2008
  09/03/2008 a 15/03/2008
  02/03/2008 a 08/03/2008
  24/02/2008 a 01/03/2008
  17/02/2008 a 23/02/2008
  10/02/2008 a 16/02/2008
  03/02/2008 a 09/02/2008
  27/01/2008 a 02/02/2008
  20/01/2008 a 26/01/2008
  13/01/2008 a 19/01/2008
  06/01/2008 a 12/01/2008
  16/12/2007 a 22/12/2007
  09/12/2007 a 15/12/2007
  02/12/2007 a 08/12/2007
  25/11/2007 a 01/12/2007
  18/11/2007 a 24/11/2007
  11/11/2007 a 17/11/2007
  04/11/2007 a 10/11/2007
  28/10/2007 a 03/11/2007
  21/10/2007 a 27/10/2007
  14/10/2007 a 20/10/2007
  07/10/2007 a 13/10/2007
  30/09/2007 a 06/10/2007
  23/09/2007 a 29/09/2007
  16/09/2007 a 22/09/2007
  09/09/2007 a 15/09/2007
  02/09/2007 a 08/09/2007
  26/08/2007 a 01/09/2007
  19/08/2007 a 25/08/2007
  12/08/2007 a 18/08/2007
  05/08/2007 a 11/08/2007
  29/07/2007 a 04/08/2007
  22/07/2007 a 28/07/2007
  15/07/2007 a 21/07/2007
  08/07/2007 a 14/07/2007
  01/07/2007 a 07/07/2007
  24/06/2007 a 30/06/2007
  17/06/2007 a 23/06/2007
  10/06/2007 a 16/06/2007
  03/06/2007 a 09/06/2007
  27/05/2007 a 02/06/2007
  20/05/2007 a 26/05/2007
  13/05/2007 a 19/05/2007
  06/05/2007 a 12/05/2007
  29/04/2007 a 05/05/2007
  22/04/2007 a 28/04/2007
  15/04/2007 a 21/04/2007
  08/04/2007 a 14/04/2007
  01/04/2007 a 07/04/2007
  25/03/2007 a 31/03/2007
  18/03/2007 a 24/03/2007
  11/03/2007 a 17/03/2007
  04/03/2007 a 10/03/2007
  25/02/2007 a 03/03/2007
  18/02/2007 a 24/02/2007
  11/02/2007 a 17/02/2007
  04/02/2007 a 10/02/2007
  28/01/2007 a 03/02/2007
  21/01/2007 a 27/01/2007
  14/01/2007 a 20/01/2007
  07/01/2007 a 13/01/2007
  31/12/2006 a 06/01/2007
  17/12/2006 a 23/12/2006
  10/12/2006 a 16/12/2006
  03/12/2006 a 09/12/2006
  26/11/2006 a 02/12/2006
  19/11/2006 a 25/11/2006
  12/11/2006 a 18/11/2006
  05/11/2006 a 11/11/2006
  29/10/2006 a 04/11/2006
  22/10/2006 a 28/10/2006
  15/10/2006 a 21/10/2006
  08/10/2006 a 14/10/2006
  01/10/2006 a 07/10/2006
  24/09/2006 a 30/09/2006
  17/09/2006 a 23/09/2006
  10/09/2006 a 16/09/2006
  03/09/2006 a 09/09/2006
  27/08/2006 a 02/09/2006
  20/08/2006 a 26/08/2006
  13/08/2006 a 19/08/2006
  06/08/2006 a 12/08/2006
  30/07/2006 a 05/08/2006
  23/07/2006 a 29/07/2006
  16/07/2006 a 22/07/2006
  09/07/2006 a 15/07/2006
  02/07/2006 a 08/07/2006
  25/06/2006 a 01/07/2006
  18/06/2006 a 24/06/2006
  11/06/2006 a 17/06/2006
  04/06/2006 a 10/06/2006
  28/05/2006 a 03/06/2006
  21/05/2006 a 27/05/2006
  14/05/2006 a 20/05/2006
  07/05/2006 a 13/05/2006
  30/04/2006 a 06/05/2006
  23/04/2006 a 29/04/2006
  16/04/2006 a 22/04/2006
  09/04/2006 a 15/04/2006
  02/04/2006 a 08/04/2006
  26/03/2006 a 01/04/2006
  19/03/2006 a 25/03/2006
  12/03/2006 a 18/03/2006
  05/03/2006 a 11/03/2006
  26/02/2006 a 04/03/2006
  19/02/2006 a 25/02/2006
  12/02/2006 a 18/02/2006
  05/02/2006 a 11/02/2006
  29/01/2006 a 04/02/2006
  22/01/2006 a 28/01/2006
  15/01/2006 a 21/01/2006
  08/01/2006 a 14/01/2006
  01/01/2006 a 07/01/2006
  25/12/2005 a 31/12/2005
  18/12/2005 a 24/12/2005
  11/12/2005 a 17/12/2005
  04/12/2005 a 10/12/2005
  27/11/2005 a 03/12/2005
  20/11/2005 a 26/11/2005
  13/11/2005 a 19/11/2005
  06/11/2005 a 12/11/2005
  30/10/2005 a 05/11/2005
  23/10/2005 a 29/10/2005
  16/10/2005 a 22/10/2005
  09/10/2005 a 15/10/2005
  02/10/2005 a 08/10/2005
  25/09/2005 a 01/10/2005
  18/09/2005 a 24/09/2005
  11/09/2005 a 17/09/2005
  04/09/2005 a 10/09/2005
  28/08/2005 a 03/09/2005
  21/08/2005 a 27/08/2005
  14/08/2005 a 20/08/2005
  07/08/2005 a 13/08/2005
  31/07/2005 a 06/08/2005
  24/07/2005 a 30/07/2005
  17/07/2005 a 23/07/2005
  10/07/2005 a 16/07/2005
  03/07/2005 a 09/07/2005
  26/06/2005 a 02/07/2005
  19/06/2005 a 25/06/2005
  12/06/2005 a 18/06/2005
  05/06/2005 a 11/06/2005
  29/05/2005 a 04/06/2005
  22/05/2005 a 28/05/2005
  15/05/2005 a 21/05/2005
  08/05/2005 a 14/05/2005
  01/05/2005 a 07/05/2005
  24/04/2005 a 30/04/2005


Outros sites
  Editora do Bispo
  Blog da editora do bispo
  aurora boulevard, uma janela para o melhor da existência
  notasubmersas - mergulho en la isla encantada
  Sorte & Azar S/A
  La liga de la vesga y outros debujos incriibles
  balcan beat box & nikolai gogol bordelo
  Portunhol selvagem és mi pátria y mi lengua
  Doktor Estranho - pense!
  eraOdito, o homi, o mito, o kabrito, vale o escrito
  El Impostor y sus presídios de buelsillo
  jazz do interior by bombig
  sabe aquele cara do cheiro do ralo?
  scottlândia & otros darwinismos gauches
  Bortolotto, uiscão y raiban
Votação
  Dê uma nota para meu blog



O que é isto?